segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Espinhos

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010
image
O dor, tão erma és tu
Agora satisfeita por perto de mim
Incontáveis são os dias de tua estadia
Pudesse apenas te pedir para que te apartes
Autor da vida, dono da vida
Agricultor que extirpa os parasitas
Oh tu, mentor de toda a vida
Desraiga toda essa dor
Pondera-te perante ele
Desarraigai esses parasitas
Pudesse ele ter consigo
O espantalho, que por excelência
Expulsaria toda essa dor
Tornando-o ermo dessa dor ardilosa
//benami
00:47 27/12/2010

0 comentários