domingo, 18 de julho de 2010

antes... depois...

domingo, 18 de julho de 2010

Em que anos estamos?
- 2010
Data especifica de hoje, dia em que estou preparando o próximo post do meu blog.
- 2010-07-18
Sabe... a modernidade é muito incrível. Se comparada dessa forma!

Sem me basear em fatos reais, tipo datas especificas. La vai. Anos atrás, para assistirmos televisão, os povos teriam de ir até as praças da cidade, onde havia uma televisão, qualquer coisa de reprodução. Sabe do pior? Havia somente um canal.
Hoje em dia, você fica com enjôo com as baboseiras que tem na televisão, qualidades alem da qualidade de nossos olhos. Preços baixos.
Na época dos vídeos K7. Você locava filmes, e não era tão gordo. Você tinha de fazer muitos movimentos, tinha de rebobinar a fita, caso não, teria de pagar uma taxa na locadora. Havia outros meios de ganhar dinheiro. Um deles era retirar mofo das fitas. Pirataria de fita? Era uma coisa muito extinta de se ver, quem iria querer passar o tempo do filme para apenas copiar o filme? Jogos? Você tinha que ir em locadoras, jogar no Super Nintendo. – eu adorava Super Mário, Donkey Kong...
Na atualidade, você nem compra mais cd’s originais. Se você for aposentado, você vive sem nem sair de casa. Sabe porque?

  • Você pode pagar suas contas pela internet, apenas com acesso a sua conta corrente.

  • Fazer as compras é igual disk-pizza.

  • Pra assistir filmes, tem o megavideo, blogs e a comodidade de assistir antes mesmo de sair no cinema.

  • Ouvir música? Tem na internet.


Ah sim doutor. Isso eu já sabia. Preguiçosos e derivados.
Sabe porque me deu vontade de escrever sobre isso? – Hoje, perambulando pelo Orkut, vi umas comunidades. E umas delas era sobre frases e derivados.
Lá tinha aqueles pedidos.
Faz uma frase sobre amor a distância, pro meu namorado.
Ridículo ver a forma com que eles banalizam o amor, o pensamento próprio, o mal uso do conhecimento. E sabe que o garotinho ainda pode se dar bem.
Você leva o poema pra loira, ela lê e fica caidinha talvez. Daí alguém conta que não foi você que escreveu, até mesmo o Mr Google.
Você contorna dizendo: - São meus sentimentos, apenas não conseguia descrever-los para por no papel, por isso peguei o que mas se adequava com meus sentimentos.
Daí? Perdão, sexo, cama, mesa e banho.

Você vai no Office, e nem precisa se preocupar em errar as palavras, ele te indica a correta. O mundo ta muito nerd. Y__________Y

Era tão legal o tempo de antes, que você costumava ver as meninas brincando na rua. E não passeando nas garupa das bicicletas, indo pro dormitório na rua 16.

“Feliz é aquele que ainda pensa por ele mesmo”.

0 comentários: