quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010


Maltratar, castigar, punir, mortificar
amarfanhar, judiar, humilhar, crucificar,
aspar, torturar, tiranizar, destratar,
escoicear, insultar, ofender
matar

Já tentou enlevar-se de tudo

Maltratar-se, castigar-se, punir-se, mortificar-se
amarfanhar-se, judiar-se, humilhar-se, crucificar-se,
aspar-se, torturar-se, tiranizar-se, destratar-se,
escoicear-se, insultar-se, ofender-se
matar-se

Não suportaria tanta dor?
Porque acha que os outros deveriam suportar?
O egoísmo monopolizou por completo aquele apolíneo altruísmo”.

Altruísmo não é a propaganda do bem realizado, mas sim a realização espontânea da alma”.
(Ivan Teorilang)

O fidedigna bondade, é aquela espontânea, onde não se pergunta quem o vê ou quem lhe fará elogios, pois ele apenas gosta de ajudar”.

Muitas pessoas, são compostas por máscaras, se encontram vivendo de mendacidades, logo quando estão a sofrer, se questionarão: Porque estou passando por isso? Sua constante duplicidade, lhe fez ser digna de tal sofrimento.
Na vida, existe uma energia de troca, na qual estamos constantemente atraindo para si, o que estamos constantemente entregando.
Outros dizem isso ser irrelevante. Dizem que só apenas nos atrai o que aceitamos, e esses são os denominados “Hipócritas”. São os que vivem em duplicidade, e por incrível que pareça, os que realmente sofrem com toda a troca constante.

Repudiamos o que vem a nosso bem, anuirmos o que NÃO vem para nosso bem.
Mais, tenho praticado diferente tais encimamentos. Venho verificando e praticamente aceitando o que se torna o certo depois de uma parada para refletir.

Devíamos ser oposto de nossa maldade.

Amar-se, benquerer-se, gostar-se
estimar-se, apreciar-se, adorar-se

Porquê não elevar tudo isso, não somente para si, MAIS sim, para TODOS os outros, ou achas que eles podem, e você NÃO pode viver sem isso?

Já tentou?

não Amar-se, não benquerer-se, não gostar-se
não estimar-se, não apreciar-se, não adorar-se

Acho que seria bem difícil conseguir.
Sinto-me triste a todos os dias, vendo a qual mundo vivemos, e fico a interpretar que o choro, quando uma criança nasce, não indica saúde. Sinto que aquele chorinho indica tristeza, por nascer em um mundo tão conturbado e desumano.

Entendo o porque não dar aos outros, o que entrega a você. Pois eles estão errados, e você não se dispõe a se por no lugar deles, não se dispõe a ouvir, pois até mesmo os mais bravos, teus suas angustias e revoltas, que o incentiva a continuar na iniquidade, no erro.

Acho que nem mesmo deus seria capaz de sofrer por nós.

Pois o erro de tudo, parte desde o inicio. Quem cometera este erro, foi o próprio deus, quando compreendeu os erros da humanidade e tomou-os para si.

Por isso digo: Ame quando não for preciso amar, e em tudo que faça, não faça pelo certo, ou pelo que está escrito, faça para se sentir melhor, faça pelos outros, como se fosse por você, porém tenha consciência do certo e errado.

Procure se sentir bem com suas ações.
Pois não existe nada tão atordoante que o arrependimento”.

Procure redirecionar seu arrependimento”.
"Do fundo do coração, eu lhe digo: um momento de bondade para com um outro ser ou um ato com intenção pura valerão mais do que toda a riqueza do mundo na hora da morte. Portanto, pratiquem agora, enquanto podem, da maneira mais ampla possível em cada situação. Isso realizará o propósito supremo de suas vidas e, na hora da morte, você não sentirá remorso.”

Chagdud Tulku Rinpochê - Trecho do livro "Para abrir o coração" (página 289)) 

Ben-Ami


0 comentários: