quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Happy? Much HAPPY, Thanks Jesus Cristo!

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Nossa, hoje foi daqueles dias que você observa tudo e diz: - Nossa, como que aconteceu isso? HOHO '

Pois bem, começar a contar sobre esse dia super satisfatório, pelo menos para mim.

Tudo começou ontem, dia 03 de fevereiro, fui ao médico com a mãe e tudo bem, e lamentei ver aquela cena, totalmente deprimente, ela se consultando sabe, com tamanha tristeza aparente no rosto, acho que por mas que eu esteja ficando bem, quero ver minha mamãezinha bem também, porque acho que sem ela bem, não fico completamente bem e pensei, porque não trazer um pouco de alegria pra esses olhos cansados e desiludidos quanto a realidade ou semeio de tudo, que apenas estão prosseguindo enfadados por tudo que vem carregando a tempos e antes era apenas psicológico e agora no que veio se tornar, algo físico que vem destruindo sua saúde.

Vi ela dizendo com aquela voz que por deus, quase não me contive. - Doutor, ( voz, ranhosa.. em meio a querer chorar ), naquele momento percebi que o que ela precisa não é de um médico daqueles que ela estava a se consultar, ela precisa da mesma forma que precisei, ela precisa da sua família unida novamente, porque lembro que um dia ela sonhou com isso, e sei que é de entristecer ver alguém daquela forma, sei que muitos sofrimentos causei para ela, mas não vou ficar me matando ou remoendo o que fiz, então provoquei a ira de alguém quando eu disse!

VOU MUDAR ISSO.

É isso que venho arquitetando, quero que meu pai volte pra casa, que novamente sejamos uma família, pois não me orgulho de ver o que passei a enxergar esses dias.

Mas demonstro-me meio confuso porque não sei como fazer, se pressiono ele ou se abro o jogo e falo como um amigo.

Mantenho atualizando da minha enorme façanha! :}

Hoje fui ao médico novamente, 04 de fevereiro fazer os exames!

Novamente vi minha mamãe debilitada, exausta fisicamente e logo passando perto da casa do papai na volta eu disse: - É isso mesmo, vamos lá no papai! HOHO ' Ela sorriu por dentro que sei.

Fomos lá, por diversas vezes chamei, ele não respondera, logo fui mas agressivo, bati no portão com total ignorância e logo por dentro ouço, OPAA! Quem é? - O Ben-Ami!


Logo ele nos atendeu, chamando-nos para entrar!

Em meio a conversas vai, conversas vem, demonstrei que estava diferente, tratando com muito desdem e carinho, logo falei.

Porque o “PAI” não vai mas lá em casa.
Quero que volte a andar lá certo.
Lembro que quando eu era pequeno, pai costumava dizer que o senhor era a coluna que mantinha-nos e a casa de pé, porque deixou seu papel de coluna da nossa vida.

Ele disse que voltaria a andar lá sim, tinha algumas coisas para nas quais devia resolver.
A mãe logo começou a ficar mal, pobre dela esta totalmente debilitada, mas isso vai mudar, ao bem ou mal, porque vou me impor, pois da mesma forma que amo ela, amo ele!

Não admito o que esta acontecendo!

Estou preste a ir embora, e sei que eu quem era o homenzinho da casa, o pequeno homem para alguns e estou a me retirar, tenho que saber que vai estar alguém olhando lá por mim!

Ao menos apagar um pouco aquele passado que criei, fiz papai sair de casa, e muitas coisas! Existe erros na vida que são reparáveis, esse é um deles creio eu, decido deixar de lado não crer na existência de deus, sei que todas essas maravilhas ele esta me proporcionando. Como sei disso? Me expresso por forma de texto e deus me responde com suprema plenitude.
Agradeço de total coração a todos aqueles que estão colaborando com minha reintegração!
Muitos inconscientemente estão a colaborar e por maior seja meu agrado a minha família e primeiramente a DEUS que por hoje em diante se fara presente e meu cotidiano, pois o que quero e ser feliz e ver as pessoas que amo felizes também, e com deus tudo isso se faz possível!

Minhas lagrimas serão de alegria ao fim desda estação!

Obrigado senhor! Muitíssimo obrigado e perdoe-me por meus erros, e por ser tão duro contigo.

Brigado Alberto, irmãzinha Shara, Camila e a Mamãe!

Hoje foi legal, precisava disso! Uma coisa casual, porque vocês fazem parte da minha família também, da próxima vez espero contar com mais duas pessoas presentes ou se possível cinco pessoas que faltaram! ;}

beijos

0 comentários: