sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010


Enfim o dia estava chegando. Dia esse, que eu me deslocaria em uma jornada, até Manaus. Naquele dia, eu bebi um pouco. Também um pouco desanimado com a viagem, eu fui me deitar, o estresse era tanto, que nem mesmo conseguia dormir. Tudo me foi como um flash, de repente minha mãe vem e me chama. Confesso que naquele dia, não queria me acordar. Sabe, aquela saudade apertadinha me castigou do nada, foi algo muito surreal.
Logo, o taxi chega, e temos de ir ao aeroporto, de repente me bate um mal estar, aquela azia. Confesso que estava nervoso, mas enfim. Ficamos um tempo no aeroporto, agradeço a tia iranir, por ir nos acompanhando até o aeroporto. De repente, são 04h40min horário de fortaleza, e tenho de embarcar. A mãe me puxa assim do nada, me abraça. – Tome cuidado meu filho.
Sabe, acho que a vida é altamente coisativa...
Inclusive, o vôo foi bastante tranquilo.  Adorei as aeromoças, muito educadas e gentis, humildes eu creio, pois trabalham com vontade, tem amor pelo que faz me trataram super bem, acho que foram com minha cara, enfim lembro-me do nome de uma, CHEFE de CABINE – Loren.
Não senti nada estranho durante o vôo, nem nada. Só próximo a Manaus que fiquei um pouco tonto, e surdo.
Acho que eles poderiam servir alguma comida melhor. Mas adorei as torradas com queijo.

Logo, fixemos conexão em Belém até chegar a meu destino. Manaus!

Elas foram super legais comigo. Adorei demais *-*
A amiga dessa Loren e muito linda e fofa. : D

0 comentários: