domingo, 27 de setembro de 2009

Querer algo mais . . .

domingo, 27 de setembro de 2009



Por vezes, sinto ou desejo aquilo que não tenho ou simplesmente que nunca tive. Acaba por acontecer com todos nós, penso. Mas saberemos nós o que realmente queremos? Pois quando temos isso, queremos já outra coisa, queremos mais. Nunca estámos satisfeitos com o que temos, mas, a verdade, é que se tivermos algo/alguém que realmente gostámos não queremos outra coisa. Gostava de assim ser, ou melhor, ter algo pela qual eu faria cada dia para passar mais tempo. Talvez, para que isso acontecesse, seria preciso que eu fosse também desejado, me sentisse fazendo parte de alguém. O mal, é que vejo outros a “deitarem fora” o que uns querem, ou seja, vejo uns a “desperdiçar” raparigas para que estas não os chateiem, enquanto outros, fazendo acontecer ou simplesmente deixando as coisas acontecer, tiveram a infelicidade de nada ter acontecido e não aproveitarem a vida tal como queriam. O que está mal? O que mudar? Gosaria de saber, estou disposto a fazê-lo para que um pouco da minha vida mude, é tudo muito repetitivo. Estranho? Talvez… Apenas fico na mesma ou simplesmente mais convencido quando me dão conselhos aos quais já sei a conclusão tão facilmente, pois é sinal que realmente não me entendem, pensam ter passo pelo mesmo, mas cada um passa pelas coisas à sua maneira, sendo estas iguais ou não à dos outros.
Apercebi-me de um erro meu feito no meu último post. Acho que me baseei muito em Fernando Pessoa, pois como estou a dar isso em português assemelhei as coisas, pois concordo com certas coisas, mas o problema está em não ter sido eu a arranjar o raciocínio e sim usar um outro já existente. Vindo de mim, prefiro ser eu a escrever, sem nada ver, apenas escrever o que sinto no momento da escrita. Referente ao resto do post actual, espero que a minha vida mude pelo que já perdi a esperança, pois gostaria de conhecer gente nova, faria-me bem…


0 comentários: