quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

edificação...

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009



A ver tudo que já se passou e por ver exemplos na vida dos outros, acho que não é certo eu apenas ficar a reclamar de meus problemas, dizer não haver solução ou até confirmar existir e até mesmo ter dias na qual vejo que é tudo tão simples, e que apenas preciso deixar de complicar, hoje tive uma conclusão e e média irei por em prática ao invés de está sempre deixando para o amanhã que nem mesmo chega.
Vejo pessoas mundo a fora que realmente podem sentir desgosto da vida e vejo que meus problemas são minúsculos se comparado aos delas.


E qual seria meu problema?
Tenho a resposta bem aqui. - Atitude


Preciso tomar uma atitude e encarar isso tudo de frente, sem nem mesmo fraquejar!


É isso que hoje tenho em mente, por já me excluir de muitos problemas e alguns deles até complicados, vou seguir em frente pois estou removendo tudo que me impede de prosseguir, e venho obtendo êxito!


Para 2010 minhas inúmeras expectativas de mudanças que irão ocorrer em minha vida!


Um Excelente Réveillon para todos, ÓTIMO 2010!



1 comentários

edificação...




A ver tudo que já se passou e por ver exemplos na vida dos outros, acho que não é certo eu apenas ficar a reclamar de meus problemas, dizer não haver solução ou até confirmar existir e até mesmo ter dias na qual vejo que é tudo tão simples, e que apenas preciso deixar de complicar, hoje tive uma conclusão e e média irei por em prática ao invés de está sempre deixando para o amanhã que nem mesmo chega.
Vejo pessoas mundo a fora que realmente podem sentir desgosto da vida e vejo que meus problemas são minúsculos se comparado aos delas.


E qual seria meu problema?
Tenho a resposta bem aqui. - Atitude


Preciso tomar uma atitude e encarar isso tudo de frente, sem nem mesmo fraquejar!


É isso que hoje tenho em mente, por já me excluir de muitos problemas e alguns deles até complicados, vou seguir em frente pois estou removendo tudo que me impede de prosseguir, e venho obtendo êxito!


Para 2010 minhas inúmeras expectativas de mudanças que irão ocorrer em minha vida!


Um Excelente Réveillon para todos, ÓTIMO 2010!



0 comentários

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Vida assolada

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009


Sabe, tenho muitas anomalias, na minha vida existe uma certa complexidade, as coisas e isso me complica cada vez mas, porque as tudo que acontece não vem com um bilhete descrevendo o porque do ocorrido para ao menos eu saber o porque, se mereço aquilo, se mereço tudo isso.
Já basta eu ter que se dar com meus problemas, minhas tristezas e melancolias, meu mundo repleto de coisas, que me fazem seguro, mas sabe o melhor de tudo, eu até gosto disso, estou me acostumando sabe, me acostumando com tudo, aceitando tudo como está porque o único culpado de tudo serei somente eu, porque mesmo que eu não tenha culpa, me acostumei a me dar automaticamente o sentimento de culpa. Mas espere um pouco, culpa pelo quê? Não esperava que você não soubesse, mas é típico mesmo do ser humano, ser individual só pensando no seu próprio bem estar, e eu talvez até mereça, porque apesar de tudo, de todos os conflitos que eu tenha na minha cabeça, eles não podem me poupar de receber aquele pacote da nossa sociedade.
Mas qual pacote é esse?
As injurias, os tratamentos, eles não sabem reconhecer as coisas, enxergar tudo e ver que eles estão feitos em tudo, estão tendo sucesso, e dos desviados eles não sentem o menor dó, a menor pena ou reconhecimento da fraqueza deles mesmos, e ao contrario de compreensão eles te dão sabe o quê? Dão-lhe muita atenção, uma senhora atenção de tamanho inestimável, porque sente-se melhores ao saber que sua superioridade talvez material ou psicológica é bem maior que a sua, e por eles acharem isso, ou terem certeza eles simplesmente lhe dão o pacote sociedade, que muitos tem o privilégio de receber, isso tudo porque simplesmente a filosofia da vida esta sumindo da vida humana, estão sendo esquecidos os pensadores, e hoje em dia o que eles priorizam é o status, pois seus status indicam seu caráter, se por exemplo você tiver um trabalho, que seja digno, que não creio que hoje em dia exista trabalho digno, pois o indigno e aquela que retira algo de alguém, então o trabalho digno é aquela que você esta limpo de mente por achar que não esta prejudicando ninguém, mas sem mesmo saber pode estar, e muitos ficam cegos, que é o caso do meu irmão, mas enfim não tenho motivos pra ficar triste, alias tenho muitos motivos para querer morrer, pois sou um pobre coitado, mas que coitado em, sou um meio que fracassado por momento, não progredi nada na vida ainda, escolhi maus caminhos, e sabe quando você tem uma família, você quer deles aquela pacotinho familiar, que inclua o amor, o carinho e a compreensão, mas que pacote familiar, você está doido, não lhe falei um pouco a cima que a sociedade se edificou, deixando esses princípios, como os vampiros daquele filme da saga de twilight, eles apenas tem respeito a uma lei, o bem estar próprio, e ficam cegos para os outros.
Em certo ponto fico até feliz, pois sei que as pessoas não sentem pena de mim, porque existem dois sentimentos no mundo, os piores que são o ódio e a pena, bem eu acho que seja esses dois que indico como os piores.
Agora entro eu novamente na estória, sou uma pessoa solitária, e que estou todos os dias sendo castigado pela minha exemplar consciência, que me machuca constantemente, pois ela acusa até meus menores delitos. É talvez eu deva ser um pouco malfeitor ativo, que faça meus atos sem ser influenciado e sim por vontade própria, e assim talvez minha consciência dê-me um pouco de descanso e assim eu tenha mas espaço para agüentar todas essas humilhações que venho passando, todos esses maus tratos que venho sofrendo e mesmo assim vai ter quem diga que é normal sofrer, mas todo o tempo é horrível.
O melhor de tudo é que nem fugir de tudo eu consigo, nem por um minuto deixo de ser torturado pois se me ocupo com algo vem uma florzinha e me lembra de algo, isso mesmo eles são flores, um jardim lindo de flores, são perfeitos, lindos e exemplares.
Hahaha
Acho que até mesmo ironizando eu não fico em vantagem, porque você pode enganar os outros, mas jamais enganará a você mesmo, talvez você consiga, mas eu não. Nunca consegui me enganar, nunca mesmo.
Ante ontem eu não agüentei me manter firme sabe, todas aquelas palavras, tudo aquilo que você disse, machucou ainda mas o que tenho de feridas, isso me acaba.
Mas o que posso fazer, a seus olhos e de muita gente.
- Você é apenas um VAGABUNDO, que nem mesmo terminou os estudos e esta a muito tempo dando trabalho.
Acho que somente aquela televisão ligada gasta muito dinheiro, muita energia certo, e esse simples fato vale mas que meus sentimentos, minha quebrantada vida.
Mas claro, você tem todo direito de falar isso comigo Ben Rabi, e graças a você tenho tudo isso agora, você me faz muito bem AMIGO.
Sabe, dessas palavras que me falou, e que ainda tem mas coisas que prefiro não comentar, novamente a você sou grato, mas uma vez me fez voltar pra realidade, mas claro não devo esquecer dela certo, a seu pensamento devo viver ela, mas quero que saiba uma coisa, me magoei bastante com tudo isso, e nada de machismo, pois homens também tem sentimentos, devia pensar como se sentiu naquela vez em que sua namorada lhe deu de presente uma caixa de desgosto, em que você feriu a mão dando socos na parece, eu compreendia tudo, mas agora tenta imaginar esse teu sentimento que você sentiu na hora, tenta ver aquilo muitas vezes, multiplica ele por diversas vezes, incluindo mas alguma coisa. E ai? Você acha que eu merecia ouvir aquilo tudo, e sei que para você foi apenas palavras, você tava estressado e precisava aliviar em alguém, claro que sei, fui o privilegiado em receber seus sentimentos, porque não me socou como fez com a parede, certamente eu sentiria menos dor, pois meu couro esta forte, mas meu psicológico não, esta muito abalado, um mar de confusão esta rolando em minha cabeça. Enfim! Você me proporcionou mas um dia, em que meus nervos, minha mente, não agüentei tudo aquilo, e em quê fui me entregar, claro que não sabe, é o rapaz durão!
Caí aos prantos, as lagrimas que de mim sairá, aquelas horas de choro, o que estava sendo um dia fictício, com felicidades forçada, se tornou um dia real, em que a muito eu queria chorar, e você me deu o pontapé inicial.
Durante horas me decai em lagrimas, e justamente agora sinto pena de mim mesmo, e me deslizo em lagrimas novamente.

E mesmo sem crer em ti senhor, até quando isso vai durar.

Já não suporto essa solidão, esse mundo, tenho muito medo, medo do que por impulso posso transmitir a mim mesmo, a transição de tudo.

Tenho medo... Muito medo!

Já não agüento, mas escrever, a tamanha tristeza agora me assola, toma conta de mim, de meu ser, e novamente me vejo como alguns meses atrás, em que me trancafiei no fim de já não ver, mas nada.

Ficam minhas palavras registradas aqui!

0 comentários

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Procêe mila ' oeiaueoiaue

quinta-feira, 26 de novembro de 2009




Tudo começou quando não sabendo dei inicio a essa história!
Eu era somente um GAROTINHO, costumava brincar na rua, com os amigos ou até mesmo os que considerava amigos. Baah já deu pra entender néé? Eu era uma CRIANÇA e costumava ver a minha irmã trazer uma amiga dela em casa, não me diga que você já sabe que é essa JOVEM que ela costumava trazer. Nossa ela mesmo, praticamente essa da foto.


Sem fazer muito teatrinho, e indo direto ao ponto, porque você deve se perguntar. O que esse “@##$$” tá querendo dizer aqui sobre a CAMILA. - Nossa ela mesmo. Você é esperto!


HAHAHA


Não me lembro direito, mas aquela menina que sem nem porque ela me cegava.
Há ela te fazia mal?
-Não veio, ela me fazia bem, e quando digo me cegava, era porque a partir daquele momento eu só tive olhos pra ela.
Mas e ai? O que isso tem haver? Estou curioso MENTIRA.
Literalmente eu não conseguia falar com ela, e vivia me imaginando quando ela falar comigo, sera que vou conseguir responder?





  • Nossa que ILÁRIO .






O tempo foi passando, e fui conhecendo aquela menina, e até mesmo aconteceu de eu me apaixonar cada vez mais por ela, e aquilo me consumia, porque eu era FELIZ e ser feliz consome muito.
O tempo foi passando e com tudo apesar de não ter tido nada com ela, só por ter conhecido e ter coisas boas para lembrar, e por ter acabado bem as coisas, isso me basta.
Ela era que me aguentava, ligando todas as noites para ela, ela quem se preocupava comigo e eu achava lindo isso, realmente uma verdadeira amizade que eu tenho.


HAHAHA MORRÃO DE INVEJA







  • Como você sabe que ela se preocupava?






Uma vez tomei uma vacina, sabe! Bem no bumbum, e fiquei próximo a casa dela, esperando aquela DOR passar, porque fiquei quase que impossibilitado de andar.





  • Tá rindo de quê? HAHAHHAHA








Cara, a gente era mas grudado antes, pelo menos eu grudado a ela, não deixava ela em paz, e até hoje isso persegue ela, porque não consigo deixar ela em PAZ.


E agora? AHAHAHAHA
Agora... As coisas estão ótimas, e a você MILA, agradeço muito por tudo.
E tu vai morrer por acaso? Vai se mudar? SOIAUSIOAUSAS
Não, não entendeu ainda? Isso é um presentinho pra ela.
E quem iria imaginar, hoje estou quase casado e ela também.







  • Que má? Sacanagem! Amor é uma flor rocha que nasce no coração dos TROXA.








Saka só. ;]


I'm Troxa :D




Agradeço por ter confiado em mim, e hoje você sabe que realmente podia confiar.
E sei que o que confiei a você tá bem guardado.




AHHAHAA







  • Vou chorar? É agora a parte que EDWARD beija a BELLA e pede ela em casamento?







USHAUSHAUHSas


eentãao ée isso pessoaal, quer uma amigoona pra toda viida? :D
arruma uma camila pra você que essa qui


HAHAHA


já tem mtos amigos


AOEIUAIEOAUE




entãao arrume sua camila aê meo! :D

Música que ela disse que era minha cara! HAHAHA





09 Victor e Leo - ...

0 comentários

Procêe mila ' oeiaueoiaue





Tudo começou quando não sabendo dei inicio a essa história!
Eu era somente um GAROTINHO, costumava brincar na rua, com os amigos ou até mesmo os que considerava amigos. Baah já deu pra entender néé? Eu era uma CRIANÇA e costumava ver a minha irmã trazer uma amiga dela em casa, não me diga que você já sabe que é essa JOVEM que ela costumava trazer. Nossa ela mesmo, praticamente essa da foto.


Sem fazer muito teatrinho, e indo direto ao ponto, porque você deve se perguntar. O que esse “@##$$” tá querendo dizer aqui sobre a CAMILA. - Nossa ela mesmo. Você é esperto!


HAHAHA


Não me lembro direito, mas aquela menina que sem nem porque ela me cegava.
Há ela te fazia mal?
-Não veio, ela me fazia bem, e quando digo me cegava, era porque a partir daquele momento eu só tive olhos pra ela.
Mas e ai? O que isso tem haver? Estou curioso MENTIRA.
Literalmente eu não conseguia falar com ela, e vivia me imaginando quando ela falar comigo, sera que vou conseguir responder?

  • Nossa que ILÁRIO .

O tempo foi passando, e fui conhecendo aquela menina, e até mesmo aconteceu de eu me apaixonar cada vez mais por ela, e aquilo me consumia, porque eu era FELIZ e ser feliz consome muito.
O tempo foi passando e com tudo apesar de não ter tido nada com ela, só por ter conhecido e ter coisas boas para lembrar, e por ter acabado bem as coisas, isso me basta.
Ela era que me aguentava, ligando todas as noites para ela, ela quem se preocupava comigo e eu achava lindo isso, realmente uma verdadeira amizade que eu tenho.


HAHAHA MORRÃO DE INVEJA



  • Como você sabe que ela se preocupava?

Uma vez tomei uma vacina, sabe! Bem no bumbum, e fiquei próximo a casa dela, esperando aquela DOR passar, porque fiquei quase que impossibilitado de andar.

  • Tá rindo de quê? HAHAHHAHA



Cara, a gente era mas grudado antes, pelo menos eu grudado a ela, não deixava ela em paz, e até hoje isso persegue ela, porque não consigo deixar ela em PAZ.


E agora? AHAHAHAHA
Agora... As coisas estão ótimas, e a você MILA, agradeço muito por tudo.
E tu vai morrer por acaso? Vai se mudar? SOIAUSIOAUSAS
Não, não entendeu ainda? Isso é um presentinho pra ela.
E quem iria imaginar, hoje estou quase casado e ela também.



  • Que má? Sacanagem! Amor é uma flor rocha que nasce no coração dos TROXA.



Saka só. ;]


I'm Troxa :D




Agradeço por ter confiado em mim, e hoje você sabe que realmente podia confiar.
E sei que o que confiei a você tá bem guardado.




AHHAHAA



  • Vou chorar? É agora a parte que EDWARD beija a BELLA e pede ela em casamento?


USHAUSHAUHSas


eentãao ée isso pessoaal, quer uma amigoona pra toda viida? :D
arruma uma camila pra você que essa qui


HAHAHA


já tem mtos amigos


AOEIUAIEOAUE




entãao arrume sua camila aê meo! :D


0 comentários

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Mundo pequeno

quarta-feira, 25 de novembro de 2009



Após um bom tempo, tentando me encontrar e enfim resolver esse empasse que existe na minha vida, ultimamente tenho conseguido ser mas firme, e assim ficando bem com as situações, e acho que estou aprendendo a viver a vida, a entender, então enfim muito feliz porque creio que essa fase que tanto me assola está passando!
Apesar da minha falta de crença em DEUS, acho que vou entregar tudo as mãos dele, porque enfim não posso viver sem me basear em algo superior, sem alguém que apesar de não o ver hoje, talvez o sinta amanha, e apesar de tudo sei que ele me fortalecera, e que vou aprender a crer cada vez mas nele.
Então não por decisão minha no inicio, e sim por desistir de sofrer, por não aguentar mas viver preso nesse mundo complexado em que vivo, farei tudo com meu suor, e tratarei o possível ao meu alcance e o que já não for possível a mim deixarei para ti, e darei graças por tudo que venha a ter, pois sera contigo que irei conquistar.




Enfim! Estou feliz, enfim recobri-me o sorriso da vida.
Agora não preciso de meus sorrisos falsos, para até mesmo despreocupar pessoas que tem carinho por mim, e nunca mas deixarei tudo ao acaso, porque nasci pra ser vitorioso, e é isso que irei ser!




Abraços!

0 comentários

particular?




Bem, enfim de atualizar isso aqui, que apenas coloco as coisas assim sobre minha vida, fazendo esse meu blog apenas se tornar nada mas que um diário, que até mesmo venho pensando em tornar o blog PARTICULAR, não permitindo que os demais tenha acesso ao mesmo, porque talvez até eu me exponha muito aqui, escrevendo sobre minha vida, sobre tudo que acontece, e talvez isso acabe me expondo muito ao público, porque talvez exista uma ou duas pessoas que de certa forma observam esse BLOG, mas ficarei a pensar sobre o assunto!
 



0 comentários

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Porque?

sexta-feira, 20 de novembro de 2009



A vida sempre acaba por um fim na minha paz, me dando motivos pelos quais me revoltar e me pergunto. Será possível que não vou ter paz?
Sabe venho passando muita coisa e quando estou melhorando, quando as coisas estão SUAVES, vem você e tenta me tirar novamente aquela paz que até mesmo para conseguir tá sendo sofrido e por mas que você saiba que gosto de você, porque não some de vês e me tira essa preocupação que tenho com você, acha que é tão simples como antes, você vem e me conta suas historias vividas após termos passado por muitos tempos sem nos ver, e acha que é tão simples, que simplesmente escuto suas barbaridades e não sinto nada, não muda nada comigo, PORRA tô sofrendo pra BURRO, e quando já estou quase me enganando e te esquecendo sem mesmo querer te esquecer você me vem querendo aparecer na minha vida novamente, acha que é tão simples como antes, você vem e muda as coisas, e você sabe e todos os demais sabem, sou um abestado por ficar aqui sofrendo por você, nem mesmo me lembro quando foi a ultima vez que comi direito ou a ultima noite que dormi bem, minha vida não anda bem, as coisas não vão bem.
Eu aqui perdendo minhas noites de sono por sei lá quais motivos, e no momento que resolvo correr atrás do prejuízo, e até mesmo estou tendo alguns poucos resultados que já são bons, e do nada você vem e me diz... aquelas coisas que me disse, e novamente me rouba a PAZ, e agora eu aqui com o coração na mão, e isso tudo porque? Porque amo uma pessoa e ela não sei porque faz essas coisas, mas ultimamente tem vacilado muito comigo.
Você realmente acha que é tão simples. Você me trocou por outro, não apreciou o momento em que eu estava ali perto de você, e esse foi seu primeiro erro.
Você me discriminava tanto, por ser o tipo errado de ser, e você agora que tá perdendo tudo, que tá quebrando a cara com a vida, que ela tá te mostrando que você ainda não há conhece, você faz tudo aquilo que me disse. E porque veio me falar? Quer dizer que sou um “escape” pro seu coração, quando você não está bem vem correndo atrás de mim, dizendo sentir minha falta e até mesmo tem coragem de dizer que gosta de mim. Sinceramente não acha que isso já ta bom de acabar?
Não sei se aguento começar tudo novamente, agora tenho mesmo medo de sofrer novamente, inclusive eu estou tão bem sem você. Não consigo confiar em você quando me faz suas promessas, e isso justamente por ter falhado comigo. Acho que agora, você ao invés de me atrapalhar, devia fazer como fiz contigo, tentei te ajudar e você não me valorizou, pisou em mim. Agora você pode me ajudar, não vou pisar em você, nem muito menos maltratar.
Agora estou muito decepcionado com você, por ser fraca e cometer meus erros, se antes não conseguia ficar de bem comigo mesmo, tinha ódio por ser tão errado e agora você...

Não sei o que vou fazer agora. Mesmo que meu amor seja tão grande por você, mesmo que eu queira dizer sim.
Não amor, não da mas certo!

Abraços a todos que gostam de ler minhas obras, que tem o prazer de saber de meus momentos, minha vida! ;]






Legião Urbana - Ve...

0 comentários

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

de atos aos fatos…

quarta-feira, 11 de novembro de 2009
blog

De fato as coisas não são da forma em que queremos acho que isso todos estamos cegos e cansados de saber.

Esses dias tenho enfrentado cosias que por eu ser quem estou no problemas as cosias acabam se tornando mais difíceis de se superar, aquele velho assunto, você gosta uma pessoa e de fato ela que antes demostrava gostar de você, simplesmente ela some da sua vida, assim sem nem mesmo avisar ou deixar alternativas pra você, e sendo que antes disso os dois já haviam passado diversos momentos, tantos quanto bons quanto ruins, e simplesmente a ingratidão dela e dele também os deixa cada dia mas distantes, e com o passar do tempo eles passam a se sentir mas distantes uns dos outros, mas rivais ou algo parecido, e quanto se dão conta que estão se afastando temporariamente, eu em todos os casos, cegamente achando que tinha tudo sobre controle, que já estava esquecendo-a, até mesmo conseguindo tentar ficar com outras meninas, não ao pé da letra mas vamos dizer ainda cego, ontem fiquei com uma menina, e tipo sabe quando você beija a parede, ou melhor, quando você come algo estragado, você sente aquele gosto ruim, pois foi isso que senti. Claro que ela não tinha mal halito ou coisa assim, apenas sinto faltas dos teus beijos, das tuas caricias, nossos dengos, aqueles tempos em que passamos juntos, sinto falta de tudo, e tenho dias em que meu coração dispara, esses dias tenho sonhado com você, a sua ausência já começou a me machucar cada vez mas, não sei se suporto tudo isso, te quero aqui comigo mas não a tenho, porque seus meios não são os meios que quero para mim, e agora tenho um conflito com minha personalidade, não sei o que realmente quero, a única certeza que tenho é que a quero, como nunca quis algo antes, mas e agora? Eu a perdi? Não consigo entender nada, as coisas estão de um modo sujas, tenho uns problemas, mas claro que não vou deixar publico meus problemas, pois são problemas pelos quais me envergonho, e uma coisa que não esperava era meu próprio irmão me chamar da forma que me chamou hoje. E para o alivio de vocês, certamente meu problema não é homossexualidade, e algo que independente de sexo, atinge cerca de 60% da população jovem! Enfim posso até me arrepender, mas pra que? Não muda nada, nem mesmo me sinto aliviado com meu arrependimento, os atos continua o mesmo, e agora?

Me deparo hoje 10 de novembro de 2009, na qual senti uma tamanha solidão, o dia começou normal, e lá pra mas tardar umas 11horas, comecei a sentir novamente tamanha solidão, sentir falta dela, e o pior de tudo é que tento não me sentir mal, mas percebo, que as coisas estão mudando sem que eu queira, poderia eu ser capaz de amar alguem verdadeiramente? Não sei, mas isso tudo me afeta diretamente, não tenho mas animo para comer, as coisas são não tem o mesmo gosto que tinha quando lhe tinha ao meu lado, apesar de todos os problemas, eu gostava e tentava levar cada dia a frente, e agora não sei qual vai ser minha saída, estou apelando para todos os lados, tenho que me libertar disso, tenho que mudar amadurecer, crescer.

Sinto algo diferente no meu estomago, como se ele se recusasse a comer, como se o mesmo estivesse em greve, coisa do tipo! Eu sinto que não estou bem, como? Não sei eu simplesmente sinto isso! Coisas que antes não sentia, hoje sinto fraqueza, tonturas isso tudo formando um enorme mal estar, e agora o que faço? As coisas são ocultas, essas mudanças no meu organismo estão acontecendo sem nem mesmo eu saber o porque, não sei! Mas estou aguentando ate onde de, espero que de nenhuma forma eu tenha aquela MALDITA e temida por todos, a besta dos 4 continentes, depressão! Não, não quero dar mas trabalho do que já dei, eu tenho força de vontade para continuar, mas não consigo enxergar essas mudanças repentinas, eu estou bem mentalmente, controlado mas como que vou conseguir mandar no meu organismo? Como que vou dizer a ele, oh meu amigo fique forte, eu preciso continuar com minha vida, dar meus passos a frente e não mas olhar para o que aconteceu, para trás! Mas não, ele se recusa, meu deus! Não sei por quem apelar, essas dores nos meus músculos, sera um problema de saúde, essas dores de cabeça repentina, todo esse mal estar, o aumento de meus sonos ou ate mesmo não sei, agora sinto muito sono, não sinto mas necessidades, não sinto mas nada. O que sera que esta acontecendo comigo? O que me afeta agora!

Sem dramatizar as coisas mas que estão, não sei por quem apelar por forças para continuar, queria usar da força de deus. Mas como? Se nem mesmo sinto que tenho tamanha crença nele, então como que vou, como que faço? E da mesma forma que fiz antes? Como que vou ter confiança nele? Em quem devo confiar? É apenas por exemplo, você começa a ir para a igreja e dentre outras atividade, e do nada seus problemas se solucionariam? Ou como isso tudo acontece? Não Preciso encontrar uma saiida!

Queria escrever mas, só que preciso sair do computador!


0 comentários

terça-feira, 10 de novembro de 2009

dee voltaa…

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Não acredito mesmo que meu blogue tenha ao menos 2 leitores, mas enfim, o amor de quem escreve é simplesmente pelo fato de gostar de escrever, independente que apreciem ou não sua obra.

Vamos deixa-los a par de tudo que aconteceu nesse tempo que estive fora! Queria mesmo que não tivesse alguns momentos triste, mas simplesmente existem alguns, e para deixar tudo completo tenho que comentar tudo.

Meio fora de ordem lá me vou, esses dias sabe! Minha vida tem dado umas voltas, fiz algumas besteira sim, apesar sempre faço, isso se torna normal.

Mas enfim, apareceu aquele tal de DANILO MIEDI algo assim, dizendo ter descoberto o novo designe do ORKUT, mas assim acho que ele não fez muita coisa, vi algumas especulações que isso é coisa do própria GOOGLE, tinha lá dizendo que era uma tal de Marketing ViraL.

Esse novo orkut? Não achei ele essas coisas, ainda prefiro o antigo, ontem ele deu uns bugs, enlouqueceu, todos os meus scraps e tudo, eu tinha acabado de receber, sendo que já havia recebido talvez a anos!


0 comentários

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Pra Você...

segunda-feira, 5 de outubro de 2009






Porque existem as diferenças?
Porque existem os sentimentos?
Porque simplesmente não é como queremos?
Porque existem as dificuldades?


Porque se não tivéssemos diferenças
Com você não me sentiria completo
Pois graças às diferenças, afirmo
Você me completa!


Porque quando se há sentimento tudo se torna melhor
É isso que quero ser pra você
Porque simplesmente, as coisas são como tem de ser.
Porque os melhores frutos são aqueles que no topo da árvore estão


Por isso hoje quero sentir teu cheiro,
Abraçar-te, beijar-te

Mas nada disso posso
Nem te olhar

Essa distância que nos separa

Que me faz pensar como seria minha vida
Ao seu lado
Se hoje tudo se faz bom
Ao seu lado melhor seria


Antes lhe conheci
Era jovem
Não sabia que sentiria tanta saudade
Como sinto hoje
E agora sei o quanto gosto de você
O quão especial você se faz na minha vida



Gosto de você,
E desse sentimento quero desfrutar,
Em cada momento, seja ele qual for
Sinto que ao meu lado você deveria estar

Te quero como nunca

Como sempre.
Só me resta é saber,
Será que ao meu lado você vem a querer estar?

A cada hora que passa
Meu anseio é maior
Quero ter-te para sempre
Como um todo como um só!


Até ciúmes venho a ter de você
Te amo!

Loucamente,
Apaixonadamente.




0 comentários

sábado, 3 de outubro de 2009

Talvez?

sábado, 3 de outubro de 2009



Usando palavras que fluem de minha mente aqui vai meus sentimentos, na qual o título é indefinido.


Ah um bom tempo venho passando por dificuldades, pode elas até mesmo por mim ter sido inventadas, vividas apenas em um mundo que criei para me conformar com as coisas da vida, com coisas que para mim não são aceitáveis, até mesmo por as coisas não serem da forma que eu enxergava, e por ser decepcionado muito por pessoas que confiei e usufruí de uma amizade ou coisa do tipo que no fim não era de certa forma real, a tempo venho me cansando e por nem mesmo perceber me tornei uma pessoa muito vulnerável e no popular, uma pessoa “FRACA”, que por qualquer motivo se entrega a deus dará, foda-se o resto. Em meio a me conhecer melhor, venho hoje me policiar mas, testar minha resistência, e até mesmo mudar esse quadro vicioso que é minha vida. Talvez até mesmo daqui um tempo eu venha a rir desta situação, mas no momento, nem lagrimas acalenta minha tristeza, na qual me vejo sem esperança, sem motivação alguma, as coisas já não me tem aquela essência que antes costumava ter, até mesmo meus vícios não tenho mas a disposição para saciá-los, e venho hoje a pensar que tudo foi inútil, que nada fez sentido, talvez até tenha tido algum sentido em meio a tanta mentiras, tanta ilusão que vivi até hoje. Como fortalecer meu pobre e frágil coração? Como faze-lo ser mas duro, e dar o valor que ele ele merece, ao menos o valor de estar vivo, batendo ali a cada momento, mantendo esse jovem que talvez não tenha sofrido tanto e nem mesmo tenha sentido a dor que muitos sentiram, que talvez reclame sem enxergar a riqueza que há em sua volta. Como fazer ele continuar... esquecendo tudo, e se fortalecendo e continuando sua jornada na vida, que nem ao menos pode ter tido um real inicio.
Hoje ele resolve as coisas sem nem mesmo saber se o fez, nem mesmo sabe o que fazer... arrependimentos? Ele tem vários! Mas para que servem os arrependimentos se a alma está entregue a derrota, se seu corpo e alma já se deram por derrotados, se ele talvez esteja apenas sendo uma marionete para o teatro de alguem, que até mesmo ele se sinta manipulado. O que fazer quando ele se sente: Feliz e Triste, cheirando bem e com um certo odor, o que fazer se ao menos a decisão ele não tem, se nem mesmo se expressar ele sabe. Ele precisa de ajuda? Talvez até precise, mas ele não se dispõe a ser ajudado, nem mesmo se dá ouvidos a ser aconselhado, que já esta fora de seus limites e alem do controle da situação que antes ele achava que tinha, que de tão descontrolado que ele está, as coisas a seu redor param de se movimentar, ele parece sozinho, perdido em um deserto, sem nem mesmo um cacto para de companheiro à ele servir. Até mesmo sua família não tem mas valor algum para ele em suas expressões, e ele já se dá por condenado por talvez não ver a solução que quem esta por fora pode estar vendo.
O porquê o persegue.
Talvez ele esteja machucado, mas em que sentido?
Ele se culpa dizendo ser “safado”, que todas suas ações são por sua safadeza, mas deve haver um motivo para ele fazer as coisas sem temer conseqüências, sem ao menos temer nada, deve existir ao menos um motivo para ele não ter pena de si próprio. Talvez seria como um amigo dele disse um dia! Você sabia que quando as pessoas tem alguma dor enorme no corpo elas criam outra dor, porque assim quando a dor e tão grande o cérebro dá uma pane, pois a dor e maior que a quantidade de dor que o corpo poderia aguentar. Quando você tá ferido, magoado e até mesmo angustiado no amor e na tua vida, você procura criar outra dor mas forte para sobrepor a dor que lhe fere mas, que em você causa mais danos, e que até mesmo você não a suporte.
Ele disse, tem uma musica, que acho que lhe serviria de exemplo!







Devia ter amado mais
Ter chorado mais
Ter visto o sol nascer
Devia ter arriscado mais
E até errado mais
Ter feito o que eu queria fazer...

Queria ter aceitado
As pessoas como elas são
Cada um sabe alegria
E a dor que traz no coração...

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar...

Devia ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr
Devia ter me importado menos
Com problemas pequenos
Ter morrido de amor...

Queria ter aceitado
A vida como ela é
A cada um cabe alegrias
E a tristeza que vier...

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar...(2x)

Devia ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr...





Talvez ele até tenha interpretado da forma correta, mas enfim!


A duvida que nele continua. O QUE FAZER?


0 comentários

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Para Ti…

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

sear01_sexboosters

Porque não podemos esquecer que existe mundo para além de nós dois? Podias ser o meu mundo, ser aquela em que me baseava nas escolhas, nas atitudes, nas opções. Ser tudo porque alguém jamais sonhara, sentir-me desejado, sentir que te faço falta, sentir-me um pedaço de ti, que te sou essencial a cada hora que passe, pois não conseguirias passá-la sem uma mensagem mandar. Preenches-me, tu e eu, juntos, somos um todo. Necessitámos um do outro para qualquer momento novo que haja na nossa vida, para podermos contá-lo, desabafá-lo. Sem ti, cada momento parecia uma eternidade estando eu ansioso para que tudo aquilo passasse para poder estar contigo o mais depressa possível. Contigo, é como se não existisse tempo, fôssemos só tu e eu, mas quando dava por mim, já o tempo passara voltando assim à ansiosidade. Não te chamaria de perfeita pois a perfeição não exisite. É impossível descrevê-la mas cada um cria a sua perfeição cá dentro e tu tornaste-te a minha perfeição sem mesmo que eu a criasse. Cada pedaço em ti, cada pensamento em ti, cada modo de agir teu seria, para mim, uma frase à qual eu não conseguiria descrever por tanto gostar de ti. Não só os primeiros momentos que eu estaria contigo me iriam deixar nervoso, tímido, envergonhado. Contigo, cada momento assim seria, sempre especial independentemente do local, do que se faria, do que acontecia. Se este não fosse especial, tu inevitavelmente torná-lo-ias especial sorrindo, olhando para mim, expressando os teus pensamentos do momento, enfim, sentindo cada coisa honestamente de modo a que eu conseguisse sentir tudo o que te fosse no coração. Olhar-te nos olhos complicado seria pois a enorme vontade de te agarrar para nunca me fugires não o permitia. Mas o grande significado que os teus olhos transmitiam, aquele olhar directo e profundo juntamente com o teu lindo sorriso que tanto gosto, seria abrir-me o caminho para ti, para o teu puro ser. E assim ficávamos, horas e horas, olhos nos olhos sem uma palavra dizer até que adormecias. Ver-te adormecer é como o pôr-do-sol, lentamente ficavas imune ao meu olhar e eu, junto ao teu corpo, assim ficava a ver-te dormir e vendo o quão bela te tornas enquanto dormes. A tua fragilidade chamava-me à atenção e eu aproveitava o momento para te sossurar ao ouvido coisas lindas. Não me ouvias, ou pelo menos não tinhas consciência disso, mas eu diria. Talvez assim essas palavras, ou os sentimentos nelas produzidos, te ficassem aí dentro, bem guardados, para que quando acordasses te sentisses diferente e algo “novo” notasses em ti. Tanta coisa gostaria eu de te dizer, mas numa vida inteira não tenho tempo para to dizer. Seria algo que eu começaria sem fim. Sentes o que eu sinto? Chega aqui e dá-me a tua mão. Sentes? É para ti…

Contigo a dormir, a tua linda e leve mão está encostada a mim de modo a sentires o bater do meu coração, tu sabes que és a razão ‘dele’ bater assim, tão apaixonadamente. Eu, quase adormecendo contigo “embrulhada” em mim, sinto o teu respirar junto a mim e olho para ti uma última vez desejando-te uma boa noite dizendo-te ao ouvido o quanto te amo. Depois disto, lentamente dás conta que estou acordado, e, devagarinho dás-me um lindo sorriso dos que tanto gosto em ti. Como é óbvio, não consigo resistir sem te dar um beijinho, mas, sem querer ser convencido, reparo que não queres apenas um beijinho. Afinal o que chamei de “beijinho” prolongou-se num grande beijo e, aos poucos, noto que tu te chegas cada vez mais a mim. Os nossos beijos vão ficando cada vez mais intensos e vou sentindo as tuas mãos em mim. Começo a sentir algo diferente, que nunca tinha sentido, algo, no mínimo, especial. Sem que eu mesmo repare, as minhas mãos também vão “explorando” o teu corpo e, de repente, páro! Olho para ti e pergunto-te se é mesmo aquilo que queres fazer. Tu, começando com outro dos teus sorrisos, dizes-me que sim com toda a certeza do mundo e de seguida perguntas-me o mesmo. Eu, silenciosamente, digo-te ao ouvido o quanto me apetece fazer aquilo contigo, mas apenas e só por seres tu! Depois disso, tu olhas para mim e, de uma forma devastadora, dizes-me: “És meu!”. Novamente voltas a beijar-me intensamente e noto que as tuas mãos voltam ao meu corpo. Não parando de me beijares, pões-te por completo em cima de mim e, de seguida, vais-me beijando o pescoço enquanto que as minhas mãos começam a fugir para dentro do teu pijama. Adoro tudo aquilo que ‘lá’ sinto, toda a tua pele suave e fofa. Cada vez mais a vontade vai aumentando e tu, como estás em cima de mim, sentes os “efeitos” dessa minha vontade e fazes um sorriso malandro, pois percebes-te o que tinha acontecido. Lentamente, começo a tirar-te o pijama (a parte de cima), e aos poucos vou vendo o lindo corpo que tens. Beijo-te em tudo o que é sítio e noto que também estás com muita vontade, por esta altura, por mais que eu possa querer, não consigo parar. Vou-te tirando o soutien e fico admirado, tu estranhas e perguntas o que se passa. Eu simplesmente tenho palavras para te dizer “Nunca tinha visto nada assim!” e, o que é certo, é que nunca vi nem assim nem de modo algum, mas decerto que não irei ver mais nada assim tão belo. Em miseros segundos, fico-te a olhar a ver o quão bela és e o quão belo corpo tens. Não resisto! As minhas mãos percorrem o teu corpo desde as tuas ancas até “lá acima” e ficam um pouco por lá. Não me impedes de nada, enquanto as minhas mãos iam conhecendo melhor aquela zona do teu corpo, tu ficavas a olhar para mim sem dizer nada, apenas com o verbo mais lindo, vindo de ti para mim, ‘escrito’ nos teus olhos: “Amo-te”. As minhas mãos iam novamente às tuas ancas e tu percebias o que eu queria, saias de cima de mim e deitavas-te tu na cama seguidamente que eu me deitava em cima de ti. Não me fartava de te beijar até que ia começando a descer devagar, beijava-te o pescoço, ia descendo até ao teu peito. Ainda estava fascinado com aquilo e, não aguentando, beijo-te suavemente enquanto que as minhas mãos também ‘lá’ andavam. Tu pareces gostar, as tuas mãos diziam-me isso porque me queriam tirar o pijama (a camisola) e, como é óbvio, eu deixava. Olhavas-me para todo o tronco e apenas com um sorriso na cara, as tuas mãos passavam por todo ele. Novamente eu ia-te beijando o peito, ia descendo, beijava-te a barriga, reparava que tens um umbigo lindo (não é que importe, mas eu gostava muito). Estava eu agora entre as tuas pernas, com cada mão a passar em cada uma. Ia-te tirando as calças (o pijama), tirava-as devagarinho e vi que estás com umas meias brancas, uma coisa que eu adoro nos teus pezinhos. E começando ao pé dos teus pés, ia-te beijando as pernas, são muito suaves mesmo, aos poucos ia subindo, subindo, até às tuas coxas, elas também são suaves e muito fofas. Passando as mãos nas tuas cuecas, gostava de tudo o que sentia e levantava-as um pouco e metia uma mão por dentro e, sem saber como aquilo era, gostava de tudo o que sentia. Ao fazê-lo olhava para ti e sabia que estavas desejosa por algo mais. Tirava-te as cuecas devagarinho, era uma coisa que também gostava muito, e à medida que as tirava ia-te vendo, finalmente, a tua linda vagina [lol, disse este nome porque não achei outro que fosse "educado" para descrever o orgão sexual feminino]. “Meu deus, que coisa linda é esta?” era a pergunta que eu me fazia enquanto te tirava as cuecas. Quando acabei de as tirar, tu afastas-te por completo as pernas de modo a que eu perceba o que tu queres que eu faça. Beijava-te novamente as coxas na parte de dentro, mas agora mais junto da ‘dita cuja’ fazendo-me assim difícil, com a consequência que tu ficas-te impaciente “pelo resto”. Sinceramente, eu também não aguentei, tive que fazê-lo! Aproximei-me então e… Encostei-lhe os meus lábios, gostava de a sentir assim tão perto de mim, sentia-lhe o cheiro [lol, não sei se tem cheiro...]. Os meus dedos afastavam as tuas “entradas” até que eu tive mesmo que lamber, não suportava não o fazer e parecia não ser o único a não suportar. Não sei a que sabia, era algo novo que experimentei, mas era bom. Continuei a fazê-lo enquanto ‘ela’ estava molhada, eu gostava disso, lambia em tudo o que era sítio. Reparei na tua respiração, além de ter acelerado ficou também mais fogosa, era sinal que estavas a gostar e ainda bem. Não parava de te lamber, os teus gemidos tinham começado a aparecer, o que me excitava mais ainda. Depois, meti as mãos nas tuas pernas e olhei para a tua cara e, carinhosamente, comecei a enfiar a língua lá dentro. Fizes-te uma cara de quem adorou e sendo assim decidi continuar. Antes eu achava que estavas molhada, mas nada se comparava ao modo como estavas agora, agora sim, estás mesmo molhada! Não tinha razão porque me importar, sendo até uma coisa que gosto, melhor. Continuava então lambendo e enfiando a língua lá dentro o mais que podia, tu ficavas ainda mais excitada e os teus gemidos bem mais altos, não te importavas com quem poderia ouvir, tu querias era aquilo. Até que chegara o momento e tu dizias-me “É agora!” e eu lambia-te o clitóris enquanto olhava para ti, para a tua cara enquanto tinhas um orgasmo. Fazias uma cara linda, estavas louca pois não conseguias parar quieta, mas eu não parava de te lamber mais e mais. Os teus gemidos tinham acelerado imenso e durante isso reparei que saiu uma maior quantidade de líquido de ‘lá de dentro’, estavas no ponto! O teu orgasmo ainda durou mais do que eu pensava, mas quando acabou parecias estar mesmo satisfeita. Vi também que, após o teu orgasmo, o lençol da cama ficou bem mais molhado, lol. Nessa altura dizes-me “Amei isto, jamais esquecerei!” e eu sorri, fiquei feliz por que tenhas gostado. Depois disso, tu…


0 comentários

domingo, 27 de setembro de 2009

Que pensar?

domingo, 27 de setembro de 2009


Tanta confusão, tanta pergunta, tanta dúvida… O que fazer? O que pensar? Sinceramente, cada vez sei menos, aprendo, mas aprendo dos dois lados, lados esses opostos, o que torna tudo vasto, vazio. Já não sei sobre que falar, ando tão confuso comigo mesmo, com os assuntos à minha volta e pior, com as decisões que me aparecem pela frente. Talvez agora eu viva a vida a ver os lados positivos que a minha proporciona, o que ajuda em alguns aspectos. Quem sabe se algo não poderá vir a mudar (Eu a dizer isto?? Lol). Se formos a ver, tudo na vida tem o seu lado positivo, quiçá a morte também não tem o seu? Aquelas coisas que menos gostámos têm que ter um lado positivo, acho, tal como que não há nada melhor que a dor para aliviar outra dor. Há muitos exemplos assim, penso que cada coisa vai aparecendo a seu tempo e acabámos por lhes dar razão.
Enfim, hoje não tenho muito para falar, estou sem assunto. Ahh, soube bem o feriado, apesar de não ter feito nada excepto apanhar seca. Ainda para mais, ontem que foi halloween, nem sequer saí!! Para variar também… Bem, a ver se algo acontece para ter assunto para falar, ou, apenas, para ser diferente…


0 comentários

Querer algo mais . . .




Por vezes, sinto ou desejo aquilo que não tenho ou simplesmente que nunca tive. Acaba por acontecer com todos nós, penso. Mas saberemos nós o que realmente queremos? Pois quando temos isso, queremos já outra coisa, queremos mais. Nunca estámos satisfeitos com o que temos, mas, a verdade, é que se tivermos algo/alguém que realmente gostámos não queremos outra coisa. Gostava de assim ser, ou melhor, ter algo pela qual eu faria cada dia para passar mais tempo. Talvez, para que isso acontecesse, seria preciso que eu fosse também desejado, me sentisse fazendo parte de alguém. O mal, é que vejo outros a “deitarem fora” o que uns querem, ou seja, vejo uns a “desperdiçar” raparigas para que estas não os chateiem, enquanto outros, fazendo acontecer ou simplesmente deixando as coisas acontecer, tiveram a infelicidade de nada ter acontecido e não aproveitarem a vida tal como queriam. O que está mal? O que mudar? Gosaria de saber, estou disposto a fazê-lo para que um pouco da minha vida mude, é tudo muito repetitivo. Estranho? Talvez… Apenas fico na mesma ou simplesmente mais convencido quando me dão conselhos aos quais já sei a conclusão tão facilmente, pois é sinal que realmente não me entendem, pensam ter passo pelo mesmo, mas cada um passa pelas coisas à sua maneira, sendo estas iguais ou não à dos outros.
Apercebi-me de um erro meu feito no meu último post. Acho que me baseei muito em Fernando Pessoa, pois como estou a dar isso em português assemelhei as coisas, pois concordo com certas coisas, mas o problema está em não ter sido eu a arranjar o raciocínio e sim usar um outro já existente. Vindo de mim, prefiro ser eu a escrever, sem nada ver, apenas escrever o que sinto no momento da escrita. Referente ao resto do post actual, espero que a minha vida mude pelo que já perdi a esperança, pois gostaria de conhecer gente nova, faria-me bem…


0 comentários

Oposição do pensamento . . .





Sem muito a acrescentar, noto que eu próprio me questiono acerca de tudo, mas porque tenho eu que duvidar e não apenas a limitar-me a viver tudo tal e qual como é sem questionar? O que realmente acontece, é que pessoas me ajudam e que eu agradeço mesmo embora, mesmo assim, sinto que algo me está a faltar. Sei que, por estas terras a fora, não sou o único com problemas e muitos que estão verdadeiramente mal, nem sequer chamariam problema ao que eu estou a passar, embora eu ainda me queixe. Existe mesmo coisas inexplicáveis ou é tudo apenas da minha cabeça? Eu nunca gostei de ler, é mesmo das coisas que menos gosto na vida, logo não entendo porque ando aqui a escrever, porque escrevo. Será que enquanto escrevo é como se tivesse a desabafar com alguém? Pois visto a partir do momento que venho para casa deixo de ter amigos, apenas vivo eu no mundo que me rodeia, mundo esse a que muitos chamam de quarto. Será que há mais pessoas na mesma situação que eu ou sou eu que estou num canto à parte? E se houver, o que as leva a viver assim? Gostaria de saber, não só pelos outros, mas assim talvez consiga entender-me a mim próprio através das razões dos outros, podendo estas ser diferentes. É que já que a partir de mim não obtenho resposta, procurarei de outra forma, ou simplesmente farei mais uma pergunta: há resposta para tudo isto?


0 comentários

Que maneira pensar?




O pensamento será uma confusão, indecisão ou apenas mais uma dúvida? Pois é, a verdade é que não sei a resposta tendo esta a haver com algo… Confuso! Bem, mas a minha dúvida é de que forma pensar. Passarei a explicar: por um lado, diz-se (e eu também concordo) que se deve aproveitar a vida ao máximo, fazendo de cada dia o último. Mas ao fazermos isto estámos a pensar no futuro? Talvez, de um certo modo. Então o maior sofrimento vem de onde? Vem de todo o prazer que nós decidimos aproveitar no passado, estarei correcto? Portanto, mais vale não aproveitar tudo ao máximo para um dia mais tarde não sofrermos tanto, ou, simplesmente, não sofrermos! É tal como o amor, por exemplo, se nós aproveitarmos ao máximo tudo o que ele tem para dar, um dia, quando acabar a relação existente desse amor, sofreremos muito mais do que se não tivessemos feito muita coisa que fizemos. Ou seja, no fundo temos que abdicar do muito bom para no futuro termos o bom, ou apenas abdicar de certas coisas que namorados fazem frequentemente, assim, certamente, quando tudo isso acabar se não o fizermos no presente, no futuro sofreremos menos com esse fim. Se calhar, devemos é viver cada dia normalmente, sem cometer exageros, viver calmamente, deixando as coisas acontecerem naturalmente. Basta aceitar o destino tal e qual como é sem questionar porque assim acontece (esta do destino nem eu entendo muito bem, pois não sei se este já está traçado, se somos nós que o traçamos ou apenas que nao existe!). A verdade é que o destino de todos nós é a morte e devemos aceitar isso, não temos escolha, mas antes desse dito “fim”, há muito para fazer, para viver. E eu espero, sinceramente, conseguir aproveitar seja de que forma for a vida que me resta, de preferência que não seja sozinho, e que de mim até essa pessoa, exista um certo sentimento, entre ambos…


0 comentários

Aproveitar a vida? Você realmente aproveita a sua?




Você aproveita a vida? É muito comum ouvir as pessoas, e principalmente os jovens, dizendo que querem aproveitar a vida. E isso geralmente é usado como desculpa para eximir-se de assumir responsabilidades. Mas, afinal de contas, o que é aproveitar a vida? Para uns é matar-se aos poucos com as comilanças, bebidas alcoólicas, fumo e outras drogas. Para outros é arriscar a vida em esportes perigosos, noitadas de orgias, consumir-se nos prazeres carnais. Talvez isso se dê porque muitos de nós não sabemos porque estamos na Terra. E por essa razão desperdiçamos a vida em vez de aproveitá-la. Certo dia, um jovem que trabalhava em uma repartição pública na companhia de outros colegas que costumavam reunir-se todos os finais de expediente para beber e fumar à vontade, foi convidado a acompanhá-los. Ele agradeceu e disse que não bebia e que também não lhe agradava a fumaça do cigarro. Os demais riram dele e lhe perguntaram, com ironia, se a religião não lhe permitia, ao que ele respondeu: “a minha inteligência é que me impede de fazer isso". E que inteligência é essa que não lhe permite aproveitar a vida? Perguntaram os colegas. O rapaz respondeu com serenidade: "e vocês acham que eu gastaria o dinheiro que ganho para me envenenar? Vocês se consideram muito espertos, mas estão pagando para estragar a própria saúde e encurtar a vida, que para mim é preciosa demais. Observando as coisas sob esse ponto de vista, poderemos considerar que aproveitar a vida é dar-lhe o devido valor. É investir os minutos preciosos que Deus nos concede em atividades úteis e engrandecedoras. Quando dedicamos as nossas horas na convivência salutar com os familiares, estamos bem aproveitando a vida. Quando fazemos exercícios, nos distraímos no lazer, na descontração saudável, estamos dando valor à vida. Quando estudamos, trabalhamos, passeamos, sem nos intoxicar com drogas e excessos de toda ordem, estamos aproveitando de forma inteligente as nossas existências. Quando realmente gostamos de alguma coisa, fazemos esforços para preservá-la. Assim também é com relação à vida. E não nos iludamos de que a estaremos aproveitando acabando com ela. Se você é partidário dessa idéia, vale a pena repensar com seriedade em que consiste o aproveitamento da vida. E se você acha que os vícios lhe pouparão a existência, visite alguém que está se despedindo dela graças a um câncer de pulmão, provocado pelo cigarro. Converse com quem entrega as forças físicas a uma cirrose hepática causada pelos alcoólicos. Ouça um guloso inveterado que se encontra no cárcere da dor por causa dos exageros na alimentação. Visite um infeliz que perdeu a liberdade e a saúde para as drogas que lhe consomem lentamente. Observando a vida através desse prisma, talvez você mude o seu conceito sobre "aproveitar a vida".
A vida é um poema de beleza cujos versos são constituídos de propostas de luz escritas na partitura da natureza, que lhe exalta a presença em toda parte. Por conseqüência, a oportunidade da existência física constitui um quadro à parte de encantamento e conquistas, mediante cuja aprendizagem o espírito se embeleza e alcança os altos planos da realidade feliz.


0 comentários

Decepção!




É incrível a capacidade das pessoas de nos decepcionar, mas incrível ainda a delas de se desculpar com coisas simples, como estou necessitado, ou até mesmo passando necessidade, não justifica o fato de estar fazendo tal coisa, tal ato que um dia tentei tira-la de lá, apenas esta entregue ao inimigo, se entregando de volta a seu anterior mundo e pecados, não suporto, não sei de onde pedir forças, estou muito mal, muito triste, muito decepcionado, angustiado, desanimado, estou vegetando aqui, minha moral se resumiu a um mero grão de arroz, hoje estou sem saída, de fato acho que esse é o fim, não sou a pessoa que crê e deus, mas que as outras neste mundo, ou que tenho uma fé efervescente ou coisa do tipo, mas simplesmente, meu coração não agüenta, mas, me sinto tão machucado, tão horrível, tão culpado, por, mas que ela esteja errada mesmo assim me sinto na culpa de tudo, me sinto desamparado, quero alguém pra me consolar, um colo amigo, um lugar pra descansar, para desabafar. Bem, não agüento, mas sofrer, e agora o que faço? Falei para ela que a abandonaria se ela cometesse o mesmo erro novamente, e ela o fez conscientemente esta noite, sinceramente mesmo não crendo nele o bastante, entrego tudo nas mãos de deus, meus ombros já estão sobrecarregados de tantos problemas alheios, essa foi a ultima vez que me matei para ajudar alguém, que literalmente esqueci de mim para colocar alguém em prioridade! Me estresso com isso!



Porra! Realmente mereço isso caralho? Podia ter pelo menos consideração da sua parte!


Na verdade, quero mas que você se FODA hoje!


Te amei, tentei te ajudar e você brincou comigo!





De coração “VÁ TOMAR BEM NO OLHO DO SEU CÚ”.








0 comentários

sábado, 19 de setembro de 2009

Navalhas em palavras

sábado, 19 de setembro de 2009


Sábado, 09h45min da manhã, estou aqui na casa de uma amiga, e na verdade não sei o que fazer, quando você tem alguém que gosta tanto, e simplesmente você pede um beijo a ela e ela simplesmente diz, sai de cima "menino", e você? Qual sua reação? O que você deve fazer como agir em uma situação dessas, o que fazer? O que você faria em meu lugar? Com uma pessoa que você ama bastante, que pra ela você dá seu melhor, ela nunca recebeu seu pior, mas também nunca lhe valorizou, ou talvez até no inicie tenha lhe valorizado, que apenas reclama de seus erros, de comentários e tudo o que você faça, e simplesmente você pega e diz quando ela te ridiculariza te esculacha e você? Simplesmente saí de lá, porque não gosta daquilo e ver que ela e uma simples coitada, mas aquilo lhe machuca bastante, me vem a ferir bastante, sei que isso vai me cansar, mas penso se for pra ela me valorizar depois, porque não agora? Ela tem a coragem de dizer verdadeiramente ou mentindo, eu fiquei com você apenas por pena, por ter dó de você, e você? Como fica seu coração? O meu está quebrantado, angustiado, sofrido e pobre coração o meu, estou levando esta situação com o peito, porque isso vem a acontecer conosco? Porque logo comigo, vou gostar de alguém que não ta nem ai pra mim, que simplesmente me menospreza e uma frase que lhe magoe para ela não tem importância, e depois das ações dela dizerem que ela não gosta de você, ela abre a maldita boca e diz, gosto de você, mas você e muita criança. Sinceramente, isso ta me matando rapidamente, me consumindo, e essa pessoa vai buscar ajuda em deus, em amigos, e ela vem a correr atrás dele, mas ele por ser fraco ainda dá um pouco de trela pra ela, e ela simplesmente o enche de prazer e o deixa a desejar, mente dizendo coisas que ela não é, e o que ela é você já sabe muito bem, diz gostar de você, e sai da sua casa para ficar com outro que ela diz amar, como fica minha imagem? Um cachorro, safado, sem valor. Pergunto-me. O que essa mulher tem de tanto valor que esse jovem que tao bem a ela? Respondo-lhe não saber, apenas aconteceu, e foi a pior coisa que fiz na minha vida foi gostar dela, me sinto arrependido, se soubesse que ia ser assim, tenho plena certeza que não teria entrado nessa terrível situação. Estou desesperado, meu quebrantado coração já não agüenta, mas.

Beijos!





0 comentários

Madrugada no age of empires

Após ter tido meu momento emo desse dia, fui jogar age of empires II com o meu irmão e o bruno, foi louco :D

 

emostatus ja passou xD

 

agora dormir!

 

Beijão pra voces xD que vêem meu blog ;P

 

Bjoos


0 comentários

Revolta de um amor Frustrado






O amor realmente esconde varias faces


Lhe amei, lhe dei tudo que tinha


Te valorizei


Se errei foi culpa sua


Pois seus atos não me aumentaram meu valor


Muitas vezes perdi a cabeça


Me esperneei, fiz drama


Enlouqueci por você


Realmente lhe amei


E por mais que ainda te ame hoje


Não te quero mas


Com suas ações e suas mentiras


E sua falsa sinceridade


Perdoe-me meu amor


Lhe amei, mas você não me deu valor!


E hoje não importa mas nada


Nem mesmo que você vá sofrer


Ou o que venha a fazer


Pois por você sofri e sofro.


E as pedras que você hoje em mim rebola


Junto todas elas


Pois com elas estou construindo meu castelo.


Que você um dia derrubou.


0 comentários